Meu nome é seu

A ti concedo o direito da decepção
e ver tuas maçãs perder o rubor para a apatia.
A seriedade na tua feição que até há pouco sorria
enquanto eu permanecia te olhando, calado.

Ver o brilho do teu olhar sumir devagarinho
e se desfazer olhando para qualquer outro ponto
que não os meus olhos firmes.

A ti concedo o direito de dizer que estava errada
em achar que eu valeria todo o esforço
que você investiu e investiria
se eu te dissesse sim.

Tudo que já havia sonhado,
cada história planejada ao meu lado
em um átimo
ruir por fim.

A ti concedo o direito desta fúria,
da mão fria que estrala contra meu rosto.
A força do teu descontento
em ter se entregado tanto.

E ouvir a tua boca pequena
para quem um dia fiz
meus mais belos poemas
repetir aos prantos: pobre de mim,
pobre de mim…

A ti concedo o direito do teu choro,
das mãos na cabeça
perguntando o que fez para merecer.

Encontrar comigo naquela tarde
e na noite entre gemidos se apaixonar
como jamais o fez por qualquer um.

A ti concedo todo
o direito de não entender a minha verdade.
Por não ser verdadeiro somente por vaidade
decidi não amar você.

Mas não te concedo este disparo,
ali, no chão, diante dos meus pés,
olhando-me fixamente
com um leve e desesperado sorriso.

Nem te concedo ir embora sem te explicar meus motivos.

A ti concedo a culpa da minha última carta.
E quem entrar neste quarto
não achará romântica a cena,
mas quem sabe assim eu te encontre
tomando seu cappuccino
e consiga seu perdão, Helena.

Publicado por Nivartan

Considero-me um observador cuidadoso, otimista racional, de humor volátil, mas que vem trabalhando o amor em todas as suas possibilidades, buscando sempre ser honrado, justo e valente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: