A noite dos valentes

Acordei de madrugada
na noite dos valentes
pensei: onde estariam as gentes
nesta hora inusitada?

Na esquina o buteco,
na calçada dorme Marreco
filho do dono do butiquim
Bebe sempre todo dia
toma com muita alegria
uma garrafa inteira de gim

Ana, essas horas,
menina direita e honesta,
dorme o sono da festa
de deuses que o sono pastora
Jaja nascerá a aurora
e ela então estará refeita

Meu amor nessas horas
deve ta suada e torta
partida pelo algoz do meu coração
mas mantenho a ilusão
desse amor que divido
melhor ter outro na história
do que uma história nunca ter vivido

Com os olhos vidrados
e a cabeça à mil
estão os donos da insônia,
do sofrer e do gentil
ato de solidão profunda
no colchão o corpo afunda
olhando pro teto anil

Alguém cata o lixo
alguém sente a fome
alguém esconde o rosto e o nome
debaixo de um capuz
o disparo dá a luz
de alguém que parte da vida

Uns vão trabalhar
voltaram do trabalho uns
na mata cantam anuns
comendo carrapados
Marreco é arrastado
acordado por Seu Beto
vulgo Seu Pato,
e embora hilário fato
Seu Pato é pai de Marreco

Deitei-me novamente
lembrando de mainha
que condenava essa mania
de cuidar da vida do outro
dizia: minino pare essa língua!
Que quem cuida da vida alheia
acaba ficando loco.

Ah mainha condenada!
Peste pra eu amar!
Essas horas estará
dormindo ou acordada?
Talvez pensando
que coisa errada
foi me botar
nesse mundo acá.

Publicado por Nivartan

Considero-me um observador cuidadoso, otimista racional, de humor volátil, mas que vem trabalhando o amor em todas as suas possibilidades, buscando sempre ser honrado, justo e valente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: