O que sabes de mim?

Como falas assim
se nem me vistes uma noite
e dizes ferir-te como açoite
a saudade que tens de mim?

Como ousas dizer meu nome
nos bares que clamam na madrugada
minha presença torpe, apaixonada,
e dizes que isso a deixa insone?

Dizes como os que me conhecem
pelo pouco que lestes de mim,
mas se muitas vezes nem são assim
as tempestades que me acometem.

Quem é este que aos teus olhos brilha?
Quem é este que de elogios põe cheio?
Quem é este a quem tu dizes dar a vida?
Quem é este o alvo do teu anseio?

Mas tu nem sabes qual meu cigarro
e nem minha bebida preferida
e juras ter os remédios para minha ferida
feita pelo amor carrasco.

Mas tu nem sabes meu autor,
mas tu nem conheces meu olhar,
mas tu nem soubeste de meu penar
e dizes por aí que já é amor!?

Se eu sou passageiro sem condução…
Se eu sou andarilho dos caminhos tortos…
Se eu declamo e toco os mortos…
Se eu sou o resultado da transmutação…

A mim coube o incabível!
A mim coube o olhar moribundo!
A mim coube o peso do mundo!
A mim coube o impossível!

Eu sou incerto, um hiato, um copo meio vazio…
então cala-te, que nada que dizes é verdade!
Não me rendo a tua inescrupulosa vaidade
e nem sou o tampão para teu vazio.

Eu sou o anverso do verso.

A quebra da rima.

A história sem fim.

E se tu nem compreendes isso,
a este enorme abismo,
como dizes que sabes de mim?

Publicado por Nivartan

Considero-me um observador cuidadoso, otimista racional, de humor volátil, mas que vem trabalhando o amor em todas as suas possibilidades, buscando sempre ser honrado, justo e valente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: