Demanda

É meia noite. Depois da encruzilhada, a rua de terra batida leva ao barracão iluminado por velas pretas e vermelhas. Os tambores tocam uma sequência lúgubre, os tabaqueiros entoam cânticos que fazem os cães latirem ferozes. Aviso que não adianta fazer o sinal da cruz, no barracão existe um outro maioral.  O frio é aquecidoContinuar lendo “Demanda”

O jeito errado de fazer o certo

Se existe algo responsável pela compreensão do mundo, são as perguntas que fazemos sobre ele — ou as que não fazemos. O mesmo serve para nossas vidas, o nosso desenvolvimento espiritual, as nossas metas etc., mas, para que essas questões sejam realmente úteis, é preciso transpor a simples comparação lateral (ex: preto e branco, simContinuar lendo “O jeito errado de fazer o certo”

Não provoque o macumbeiro!

Nasci em um bairro pequeno, de casinhas coladas “parede com parede”, e a vizinhança sempre presente foi uma forte marca da minha infância. Foi nela que me deparei a primeira vez, ainda pequeno, com o preconceito religioso, quando sabia que todos meus amigos da rua tinham sido convidados para brincar na casa de alguém, menosContinuar lendo “Não provoque o macumbeiro!”

O homem de doze mãos

Quando refleti sobre como escrever essa história, pensei em tratá-la toda na 3ª pessoa, mas logo percebi que falar da Seara De Oxalá e de seu Babalorixá, sendo que a Seara é minha casa e o Babalorixá foi meu pai de sangue, seria, no mínimo, difícil. Escrevendo, constatei que separar-nos é impraticável. Por isso nãoContinuar lendo “O homem de doze mãos”

O Deus finito

Jamais esquecerei da afirmação: “O universo é criativo”. Elegeria como a melhor expressão — até a publicação deste texto — para definir as situações boas e ruins nas quais podemos empregá-la em nossas vidas.  A mesma inteligência universal que criou um planeta capaz de sustentar toda uma biodiversidade, é a mesma que promove pandemias comoContinuar lendo “O Deus finito”

Seja você mesmo

Nos dias de hoje, onde constantemente somos bombardeados por informações que nos dizem como devemos agir, o que consumir, o que vestir, como nos portar etc., “ser você mesmo” é uma forma de se blindar contra essas “necessidades” que, na maioria dos casos, são alimentadas por uma indústria. O autoconhecimento é uma importante ferramenta paraContinuar lendo “Seja você mesmo”

Dia de Ogum e São Jorge

Hoje, 23 de abril, comemora-se o dia de São Jorge, santo Católico sincretizado com Ogum, o Orixá das guerras, do aço e da tecnologia. Ambos são distintos nas histórias que alimentam sua devoção e têm suas origens em povos diferentes também. São Jorge é cultuado pelos Cristãos, Ogum pelos povos de nações africanas e porContinuar lendo “Dia de Ogum e São Jorge”

Filosofia Guaracyana

PARA SER LIDO SEM PRESSA, PORQUE CRESCER LEVA TEMPO.   No contexto geral da Umbanda, a Umbanda Guaracyana, em sua sutileza, impacta. Na pluralidade que é a religião brasileira, simplificar os processos adotando a natureza como livro sagrado e, ainda, conciliar a arte, filosofia, ciência oculta e religião, respeitando o seu núcleo indivisível (o trabalho comContinuar lendo “Filosofia Guaracyana”

A cegueira da luz

Há alguns dias venho pensando que deveria escrever sobre esse assunto, afinal, apesar de polêmica, trata-se de uma situação tão comum que não distingue espiritualistas, religiosos etc., sejam iniciantes ou experientes. Todos podem, estando desatentos, serem vítimas desse mal, pois ele facilmente é mascarado pelo ego, fazendo-nos confundir com a própria “convicção”, com “incompreensão” porContinuar lendo “A cegueira da luz”