Demanda

É meia noite. Depois da encruzilhada, a rua de terra batida leva ao barracão iluminado por velas pretas e vermelhas. Os tambores tocam uma sequência lúgubre, os tabaqueiros entoam cânticos que fazem os cães latirem ferozes. Aviso que não adianta fazer o sinal da cruz, no barracão existe um outro maioral.  O frio é aquecidoContinuar lendo “Demanda”

O jeito errado de fazer o certo

Se existe algo responsável pela compreensão do mundo, são as perguntas que fazemos sobre ele — ou as que não fazemos. O mesmo serve para nossas vidas, o nosso desenvolvimento espiritual, as nossas metas etc., mas, para que essas questões sejam realmente úteis, é preciso transpor a simples comparação lateral (ex: preto e branco, simContinuar lendo “O jeito errado de fazer o certo”